Início do ano letivo 2022-2023

Início do ano letivo 2022-2023

Pelo segundo ano consecutivo não haverá novos alunos

O Seminário Episcopal de Angra inicia o novo ano lectivo 2022/2023 na próxima quarta-feira com a comunidade discente mais pequena de sempre: 10 alunos.

“Nós estamos com o número mais baixo de alunos de que há memória- dez alunos repartidos por três turmas do segundo, quarto e sexto anos. É, por isso, um momento de reflexão pois trata-se do segundo ano seguido sem novos alunos e isto deve constituir um sinal para a diocese” avança o reitor, padre Hélder Miranda Alexandre.

“É preciso fazer mais pela pastoral vocacional, cada um nas suas comunidades, para se ver como se pode dar a volta a isto”, enfatiza lembrando que a questão da falta de vocações haveria de chegar mais tardo ou mais cedo aos Açores.

“O decréscimo da participação religiosa, no geral, já nos dava esta indicação e por isso era uma questão de tempo” refere o responsável que não deixa, contudo, de sublinhar que “é preciso arregaçar mais as mangas e fazer mais pelas vocações”. No entanto, alerta, “temos de esperar pela chegada do novo bispo para em conjunto se refletir e tomar as decisões mais adequadas”. E, lembra: “este é um projecto de toda a igreja diocesana e não só de alguns”.

(mais…)

Os caminhos da vocação

Os caminhos da vocação

À medida que te aproximas de Jesus, a sua voz torna-se mais forte. Em outras palavras, focar-te na tua vocação primária à santidade é o caminho mais seguro para descobrir a tua vocação secundária – como padre, irmão/ã ou marido/esposa.

Eis algumas maneiras de descobrir a vontade de Deus:

  1. ORAÇÃO. A oração é uma conversa com Deus – não apenas orar, mas falar com o Senhor, de coração. Todos os dias, lê a Bíblia e conversa com Jesus como se Ele fosse o teu melhor amigo. Pede a Ele que revele o seu plano para ti: “Jesus, quero querer o que Tu queres. Aqui estou, Senhor; Eu venho para fazer a tua vontade”. Confia que Deus tem um plano para ti.
  2. SACRAMENTOS. A alma é a janela através da qual podemos ver a Deus e ouvir Sua voz. Se a janela está suja por causa do pecado, ela deve ser limpa através da Confissão para que possamos estar em união com Deus. Ao receberes a Comunhão, pede a Jesus que te mostre a tua vocação (mais…)
SEMANA DAS VOCAÇÕES 1-8 MAIO 2022

SEMANA DAS VOCAÇÕES 1-8 MAIO 2022

NOTA PASTORAL

A Semana das Vocações, neste ano de 2022, decorre entre os dias 1 e 8 de maio, culminando no IV domingo da Páscoa, em que a Igreja celebra o 59º Dia Mundial de Oração pelas Vocações. Em cada ano, constituiu uma oportunidade para o testemunho de pessoas que se deixaram tocar pelo amor de Deus, a oração pelas vocações de especial consagração e a reflexão catequética nas paróquias e nas famílias.

No contexto atual, entre as experiências da pandemia e da guerra, as vocações podem ser contempladas como dons ativos de Deus, que requerem o acolhimento (com)passivo de pessoas que estejam dispostas a deixarem-se transformar pela bondade com que o próprio Deus quer destinar-lhes e, a partir delas, “aspergi-la” por gestos concretos em favor dos que fogem da ansiedade que rouba o sentido de viver e dos anseiam pela paz. (mais…)

Um vez que o “discípulo sacerdote” sai da comunidade cristã e a essa retorna, para servi-la e guiá-la como pastor, a formação caracteriza-se naturalmente como missionária, uma vez que tem como meta a participação na única missão confiada por Cristo à Sua Igreja, isto é, a evangelização em todas as suas formas.

A ideia de fundo é que os Seminários possam formar discípulos missionários “enamorados” do Mestre, pastores “com o cheiro das ovelhas” que vivam no meio delas para servi-las e conduzi-las à misericórdia de Deus, Por isso, é necessário que cada sacerdote se sinta sempre um “discípulo a caminho”, carente constantemente de uma formação integral, compreendida como contínua configuração a Cristo.

RFIS, 3

Bispo pede a seminaristas para serem servidores da Palavra de Cristo

Bispo pede a seminaristas para serem servidores da Palavra de Cristo

D.João Lavrador presidiu à instituição de três leitores do Seminário de Angra, numa missa de acção de graças pelos seis anos do seu ministério episcopal como 39º bispo de Angra

A diocese de Angra viveu esta tarde uma festa com um duplo significado: em dia da solenidade de Todos os Santos foram instituídos no ministério de leitor três seminaristas, alunos do quinto ano do Seminário Episcopal e a diocese despediu-se do bispo de Angra, numa missa de acção de graças, na Sé de Angra, na qual participaram além de vários sacerdotes os mais altos representantes da sociedade civil, nomeadamente o Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro e o Representante da República para os Açores, embaixador Pedro Catarino.

Na homilia  D. João Lavrador desafiou os novos leitores instituídos a serem servidores da Palavra e a deixar-se guiar por ela.

“Caríssimos jovens que hoje ireis receber o serviço de Leitores: meditar na Palavra de Deus, deixar-se converter por ela e proclamá-la com a palavra e com os gestos e testemunho oferece os alicerces sólidos da santidade, edifica a comunidade cristã e alerta o mundo para o sentido mais pleno da existência humana” disse D. João Lavrador na homilia da concelebração que contou com a participação de todo o Cabido da Sé.

“Vós estais a convidar toda a comunidade cristã a valorizar a Palavra de Deus e a deixar-se guiar por ela. Sede servidores da Palavra Viva que tem em Cristo a Sua manifestação perfeita” esclareceu.

O bispo lembrou, por outro lado, que todos os cristãos são chamados a anunciar a Palavra de Deus, sobretudo uma sociedade “paganizada, hostil à mensagem do Evangelho”, “materializado, fechado em si mesmo e oferecendo o seu desalento e as suas frustrações como objectivos últimos para os seus cidadãos” (mais…)