IV Jornadas de Teologia

IV Jornadas de Teologia

Via zoom

ÁTRIO DOS GENTIOS

ATEÍSMO E FÉ: DIÁLOGO E PROCURA

 

A pergunta pelo ateísmo e pelas razões da fé cristã, pela descrença ou pela indiferença, deve recuperar a sua seriedade. Que acontece se a descrença, com aparente naturalidade, determina a vida?

No quotidiano persistem as respostas silenciadas, os olhares confiantes, mas também os preconceitos e as tensões culturais. A problemática é intensa quando atinge os limites da existência humana. Por isso, estas Jornadas procuram refletir acerca do diálogo corajoso e autêntico com o diferente, mas também sobre a procura intensa dentro da própria personalidade, que se adentra no mistério.

Será que o risco de um diálogo verdadeiro permite soletrar novamente Deus a partir de uma fé amadurecida? [continuar a ler]

O Seminário como comunidade educativa em caminhada está atento á realidade do mundo e tem um contributo insubstituível para a sociedade. Desde logo na formação integral dos seus alunos e na escuta dos sinais dos tempos para responder de modo adequado aos anseios da humanidade de hoje.

 

Faço o apelo a todos os diocesanos para que manifestem o interesse pelo Seminário Maior, apreciem e valorizem o esforço educativo que aí se está a realizar, se empenhem na dinamização vocacional que passará pelas famílias e pelas comunidades cristãs, rendam graças a Deus que na Sua misericórdia nos oferece a alegria de um Seminário dinâmico cuja comunidade se manifesta alegre e feliz e contribuam generosamente para as grandes despesas que acarreta a sua vida”.

D. João Lavrador

Inscrição para as Jornadas

Notícias

O homem está no meio de duas grandes infinitudes

O homem está no meio de duas grandes infinitudes

O homem está no meio de duas grandes infinitudes: o infinitamente grande e o infinitamente pequeno; entre o anjo e a besta… a mediocridade é a retidão natural do homem, que vive (igualmente) num paradoxo, já que é a sua miséria que o exalta.

Como afirmava Pascal, o homem é uma “cana pensante” – esta metáfora expressa a figura do humano que, mesmo capacitado de racionalidade, quebra com uma forte ventania.  Perante um plano universal, o homem é praticamente nada; contudo é nesse “nada” que é “tudo”: isto porque pela razão reconhece-se como existente, algo naturalmente impossível num vegetal ou num animal; é esta a trágica realidade de Pascal. [continuar a ler]

Jornadas de Teologia do Seminário de Angra em formato digital

Jornadas de Teologia do Seminário de Angra em formato digital

Três dias para ensaiar um átrio dos gentios num diálogo entre a fé e o ateísmo

As IV Jornadas de Teologia do Seminário de Angra vão realizar-se de 17 a 19 de março através da plataforma zoom e terão como tema “O Átrio dos gentios-  Ateísmo e fé: diálogo e procura”.

As jornadas, que no ano passado foram adiadas por causa da pandemia, realizam-se este ano no ambiente digital proporcionando uma discussão aberta a toda a comunidade que terá como conferencistas Juan Ambrósio, professor da Universidade Católica Portuguesa, o padre Jesuíta António Vaz Pinto e o cientista Carlos Fiolhais, nos dias 17,18 e 19, respetivamente.

“Vamos retomar o programa que era do ano passado e agora, que estamos mais habituados a esta interação no online, retomamos o que estava definido que era discutir a relação entre o ateísmo e a fé, dialogando e procurando a relação entre estas questões que são essenciais para a nossa vivência”, refere o reitor

[continuar a ler]
“Às três horas da tarde” Lc 23, 44

“Às três horas da tarde” Lc 23, 44

Chegámos a mais uma Quaresma. Não a mais uma, mas sim à nossa Quaresma. A Quaresma é, por excelência, um tempo de penitência, de oração e de jejum, resumidamente, um tempo de conversão. E como já é norma do Seminário, os seminaristas vão em retiro no início deste tempo. Este ano não foi exceção. Claro que se teve que moldar o retiro às circunstâncias atuais que esta pandemia nos trouxe. Por isso, os seminaristas mais novos foram em retiro, separados dos mais velhos, para a Paróquia das Fontinhas, para realizarem lá os seus exercícios, no Centro Paroquial e Social das Fontinhas. O que consta aqui de relevante, e o que me leva a escrever este acontecimento, passou-se durante este retiro. [continuar a ler]

PRÉ-SEMINÁRIO