D.João Lavrador aconselha capacidade de sonhar “alegria e fidelidade” aos futuros novos sacerdotes diocesanos

D.João Lavrador aconselha capacidade de sonhar “alegria e fidelidade” aos futuros novos sacerdotes diocesanos

Bispo de Angra preside à ordenação de mais três sacerdotes a 27 de junho. Na nota pastoral a que o Igreja Açores teve acesso esta terça-feira lembra que o exemplo destes três jovens deve contagiar “o ardor evangelizador” da Igreja diocesana

No próximo dia 27 de Junho três jovens, formados no Seminário Maior diocesano, receberão a ordenação sacerdotal, uma oportunidade para que todos os diocesanos, em especial os mais jovens possam renovar “o ardor evangelizador”, refere o bispo de Angra numa Nota Pastoral enviada a toda a Igreja insular.

“O Senhor Jesus Cristo concede à Igreja diocesana de Angra a graça de três novos sacerdotes” afirma ao sublinhar que este facto “deve despertar” a alegria de todos os diocesanos que devem “assumir o compromisso” que deriva “da descoberta vocacional de cada batizado”

[continuar a ler]

O Seminário como comunidade educativa em caminhada está atento á realidade do mundo e tem um contributo insubstituível para a sociedade. Desde logo na formação integral dos seus alunos e na escuta dos sinais dos tempos para responder de modo adequado aos anseios da humanidade de hoje.

 

Faço o apelo a todos os diocesanos para que manifestem o interesse pelo Seminário Maior, apreciem e valorizem o esforço educativo que aí se está a realizar, se empenhem na dinamização vocacional que passará pelas famílias e pelas comunidades cristãs, rendam graças a Deus que na Sua misericórdia nos oferece a alegria de um Seminário dinâmico cuja comunidade se manifesta alegre e feliz e contribuam generosamente para as grandes despesas que acarreta a sua vida”.

D. João Lavrador

Notícias

“As pessoas precisam de pastores próximos que as acolham, com defeitos e virtudes”

“As pessoas precisam de pastores próximos que as acolham, com defeitos e virtudes”

João Silva é natural dos Mosteiros, São Miguel, e vai ser ordenado sacerdote a 27 de junho

É e foi porventura o candidato ao sacerdócio mais alto que o Seminário alguma vez teve (1,99m), mas questionado se vai ser um grande padre prefere dizer, com simplicidade, que vai procurar ser um padre “próximo, disponível para a escuta” e, sobretudo desejoso de “fazer caminho com a comunidade ao encontro do bom Jesus”.

João Silva é um dos três seminaristas, aluno do 6º ano do Seminário Episcopal de Angra que vai ser ordenado no próximo dia 27 pelo bispo de Angra, na Igreja de São José, em Ponta Delgada. Natural dos Mosteiros, paróquia da maior ouvidoria da diocese- Ponta Delgada- será mais um fruto do Seminário de Angra

[continuar a ler]
“Gostava de estar junto ao povo, essencialmente nas paróquias: foi dela que saí e é para ela que quero voltar”, afirma António Santos

“Gostava de estar junto ao povo, essencialmente nas paróquias: foi dela que saí e é para ela que quero voltar”, afirma António Santos

Diácono, aluno do 6º ano do Seminário de Angra, será ordenado a 27 de junho

António Santos, natural das Furnas, tem 24 anos e vai ser ordenado presbítero da diocese de Angra no próximo dia 27 de junho, em São Miguel, juntamente com dois outros colegas de turma.

Este domingo é o convidado do programa de rádio Igreja Açores, que inicia uma série de entrevistas com os três diáconos que serão ordenados pelo bispo de Angra na Igreja de São José, em Ponta Delgada.

“Reservado e tímido”, limitações contra as quais procura lutar diariamente, compensando com o o”sentido de escuta e a disponibilidade para ouvir”, o jovem micaelense que foi ordenado diácono no passado dia 8 de dezembro, lembra que a sua maior vontade é estar inserido numa comunidade paroquial, sem enjeitar os estudos pela História e pela Psicologia, duas áreas de interesse confessado.

“A minha prioridade agora seria estar junto ao povo, essencialmente nas paróquias: foi dela que saí e é para ela que quero voltar” admite, sem saber exatamente o que vai fazer depois do dia 27 de junho.

[continuar a ler]
Deus escolheu-me

Deus escolheu-me

Após sete anos de caminhada vocacional, nesta que é a “Casa Santa e Mimosa de Deus”, termino, em junho próximo, esta etapa que remonta a setembro de 2014.

O Seminário de Angra foi uma escola de desenvolvimento e de amadurecimento pessoal, que me acolheu e me ajudou a descobrir a missão que Deus me convida a responder.  De facto, fiz parte de uma família que, com a sua diversidade de membros, fez-me ver que não se pode ser discípulo de Jesus sem contemplar o rosto do irmão, amando-o tal como é. [continuar a ler]

PRÉ-SEMINÁRIO