Seminário de Angra completa 160 anos

Seminário de Angra completa 160 anos

O Seminário de Angra completa esta quarta-feira, dia 9 de novembro, o seu 160º aniversário, num ano particularmente difícil em que a comunidade está reduzida a 10 alunos e, pelo segundo ano consecutivo não se verificaram entradas de novos alunos.

Para o reitor do Seminário, padre Hélder Miranda Alexandre a “crise das vocações é também uma crise de identidade cristã”, e os jovens “têm hoje muitas mais ofertas académicas e profissionais”, porventura “mais atrativas” (mais…)

D. Armando Esteves Domingues é o 40º Bispo de Angra

D. Armando Esteves Domingues é o 40º Bispo de Angra

O prelado será o 40º bispo de Angra e o segundo Bispo Auxiliar do Porto a ser nomeado consecutivamente como bispo diocesano desta diocese insular. Foi ordenado bispo a 16 de dezembro de 2018. Deverá entrar na diocese depois das festas do Natal, em meados de janeiro.

A nomeação de D. Armando Esteves Domingues vem por fim a um período de sede vacante de quase um ano, depois do Papa Francisco ter nomeado D. João lavrador bispo de Viana do Castelo a 21 de setembro de 2021. Com a saída de D. João Lavrador dois meses depois, a 27 de novembro, assumiu o governo administrativo da Diocese o cónego Hélder Fonseca Mendes que foi escolhido pelo Colégio de Consultores como Administrador Diocesano (mais…)

Reitor do Seminário defende uma formação humana e espiritual que crie “verdadeiros homens de Deus”

Reitor do Seminário defende uma formação humana e espiritual que crie “verdadeiros homens de Deus”

Na Semana de Oração pelos Seminários, padre Hélder Miranda adianta que a formação académica e intelectual é importante mas não chega

Diante do ìnverno´ vocacional, com os seminários a verem reduzidos os candidatos e uma série de factores sociais e eclesiais  a serem pouco cativantes para os jovens, o reitor do Seminário Episcopal de Angra considera que o tempo é de “reflexão nacional”.

“Sou da opinião que todo o país se deveria juntar, refletir profundamente e avançarmos para horizontes mais largos. Não nos podemos contentar com o horizonte diocesano. Por que não seminários especializados em etapas formativas? (mais…)

Boa noite, Mãe

Boa noite, Mãe

Boa noite, Mãe.

São muitos os momentos em que nos faltam as palavras, os pensamentos, e até as ações! Das várias linguagens universais e transversais, a música ocupa, sem margem para dúvidas, um lugar privilegiado. Transmite emoções, transmite sentimentos, tem o poder de nos afastar do mundo e de nos aproximar dele.

(mais…)

P. Cipriano partiu para a Casa do Pai

P. Cipriano partiu para a Casa do Pai

O sacerdote micaelense tinha 76 anos e morreu vítima de doença prolongada

Faleceu este domingo, em Ponta Delgada, o padre Cipriano Pacheco.

O corpo poderá ser velado na Ermida de Nossa Senhora das Dores, em Ponta Delgada, a partir das 9h00 desta segunda-feira, dia 26 de setembro e o funeral decorrerá no dia seguinte, com Missa exequial às 11h00, na Igreja de São José

Nascido em São Pedro Nordestino, São Miguel, a 3 de Novembro de 1945, realizou a sua formação teológica no Seminário de Angra. Foi ordenado a 20 de Maio de 1969, na Sé de Angra, perfazendo os 50 anos no dia 20 de Maio de 2019 (mais…)

Início do ano letivo 2022-2023

Início do ano letivo 2022-2023

Pelo segundo ano consecutivo não haverá novos alunos

O Seminário Episcopal de Angra inicia o novo ano lectivo 2022/2023 na próxima quarta-feira com a comunidade discente mais pequena de sempre: 10 alunos.

“Nós estamos com o número mais baixo de alunos de que há memória- dez alunos repartidos por três turmas do segundo, quarto e sexto anos. É, por isso, um momento de reflexão pois trata-se do segundo ano seguido sem novos alunos e isto deve constituir um sinal para a diocese” avança o reitor, padre Hélder Miranda Alexandre.

“É preciso fazer mais pela pastoral vocacional, cada um nas suas comunidades, para se ver como se pode dar a volta a isto”, enfatiza lembrando que a questão da falta de vocações haveria de chegar mais tardo ou mais cedo aos Açores.

“O decréscimo da participação religiosa, no geral, já nos dava esta indicação e por isso era uma questão de tempo” refere o responsável que não deixa, contudo, de sublinhar que “é preciso arregaçar mais as mangas e fazer mais pelas vocações”. No entanto, alerta, “temos de esperar pela chegada do novo bispo para em conjunto se refletir e tomar as decisões mais adequadas”. E, lembra: “este é um projecto de toda a igreja diocesana e não só de alguns”.

(mais…)