Seminário de Angra completa 160 anos

Seminário de Angra completa 160 anos

O Seminário de Angra completa esta quarta-feira, dia 9 de novembro, o seu 160º aniversário, num ano particularmente difícil em que a comunidade está reduzida a 10 alunos e, pelo segundo ano consecutivo não se verificaram entradas de novos alunos.

Para o reitor do Seminário, padre Hélder Miranda Alexandre a “crise das vocações é também uma crise de identidade cristã”, e os jovens “têm hoje muitas mais ofertas académicas e profissionais”, porventura “mais atrativas” (mais…)

160 anos de Formação

160 anos de Formação

Em ação de graças pelo nosso Seminário

Quis o Senhor Jesus reunir à sua volta os discípulos para os instruir e preparar para que fossem e ensinassem todos os povos a Boa Nova! O Seminário perpetua na história este tempo único e inesquecível do encontro com o Mestre da escola divina. “Apresenta-se como um tempo e um espaço; mas configura-se sobretudo como uma comunidade educativa em caminhada: é a comunidade promovida pelo Bispo para oferecer a quem é chamado pelo Senhor a servir como os Apóstolos, a possibilidade de reviver a experiência que o Senhor reservou aos Doze”[1].

O desejo do Concílio de Trento da instituição de Seminários em cada Diocese tornou-se um sonho difícil de concretizar nestas Ilhas. Na verdade, a retirada da Companhia de Jesus de Portugal provocou um vazio educativo difícil de repor. Em 1791, D. Fr. José de Avé Maria recebeu a ordem da rainha D. Maria I “para que neste Bispado, houvesse eclesiásticos dignos das funções sagradas, chegando a dizer que menos mau é não haver ministros do que havê-los indignos”. Finalmente D. Fr. Estevam da Sagrada Família, 27º bispo de Angra, concretizou o sonho no dia 9 de Novembro de 1862, com festa solene em honra de N. Senhora da Guia, Padroeira da Igreja anexa ao Convento de S. Francisco de Angra[2]. “Desde então, o clero dos Açores ia-se reabilitando e nova vaga, que saía do Seminário de Angra, era bem outra”[3]. (mais…)