Bispo de Angra desafia novos sacerdotes a não se deixarem contagiar pelo “comodismo, inércia, isolamento ou fixismo”

Bispo de Angra desafia novos sacerdotes a não se deixarem contagiar pelo “comodismo, inércia, isolamento ou fixismo”

D. João Lavrador ordenou seis sacerdotes e instituiu três seminaristas acólitos

Na vida de um presbítero, “não há lugar ao comodismo, à inércia, ao isolamento ou ao fixismo, muito pelo contrário, o presbítero deve ser, no relacionamento com todas as pessoas, o homem da missão e do diálogo” afirmou D. João Lavrador na homilia da missa de ordenação de seis novos sacerdotes da diocese de Angra.

A partir da liturgia deste domingo, o bispo de Angra lembrou aos ne-sacerdotes que devem ser sempre a presença de Jesus na vida das suas comunidades

[continuar a ler]