“Deus na pena dos homens”, o diálogo entre Teologia e Literatura no Seminário de Angra

“Deus na pena dos homens”, o diálogo entre Teologia e Literatura no Seminário de Angra

O Seminário Episcopal de Angra vai promover entre os dias 27 de fevereiro e 1 de março as II Jornadas de Teologia, que irão refletir sobre “Deus na pena dos homens”- o diálogo entre Teologia e Literatura.

Durante três dias teólogos, professores e investigadores na área da Literatura vão analisar a presença de Deus no pensamento e na obra de grandes autores da literatura mundial , nacional e até açoriana.

Nomes como Dostóievski, Kafka, Ernst Hemingway, Vitorino Nemésio ou Virgílio Ferreira vão estar no centro da análise dos conferencistas.

As jornadas iniciam-se às 20h00 do dia 27, com a sessão de abertura pelo Bispo de Angra, D. João Lavrador. Segue-se uma breve saudação do Reitor do Seminário e o lançamento da Revista “Fórum Teológico XXI”, por Sérgio Toste.

[continuar a ler]
Bispo de Angra lamenta morte do Pe Caetano Tomás e destaca as suas qualidades pessoais e sacerdotais

Bispo de Angra lamenta morte do Pe Caetano Tomás e destaca as suas qualidades pessoais e sacerdotais

D. João Lavrador recorda o presbítero e o homem

O bispo de Angra lamenta a morte do Pe. Caetano Tomás e adianta que a diocese deve lembrar o seu exemplo de entrega e de dedicação à igreja e ao mundo.

“Devemos ter uma atitude de acção de graças pela longa vida deste sacerdote que foi bem vivida e de total entrega à igreja” afirmou D. João Lavrador ao Igreja Açores.

“Julgo que todos devemos estar gratos pela maneira como foi capaz de ser padre,  e como ajudou outros a serem padres” acrescentou ainda sublinhando que se trata “ de um exemplo pela forma como se deu pela causa do Evangelho marcando várias gerações, não só de sacerdotes mas também de leigos”.

O bispo de Angra ressalva ainda as qualidades humanas do Pe. Caetano Tomás “pela sua simplicidade, atenção e humildade”.

[continuar a ler]
Faleceu o Pe. Caetano Tomás aos 93 anos de idade

Faleceu o Pe. Caetano Tomás aos 93 anos de idade

O Sacerdote era natural das Flores e uma das figuras mais influentes da igreja açoriana na área social

Faleceu esta quinta feira o Pe. Caetano Tomás, depois da sua saúde ter piorado substancialmente em meados de janeiro. Monsenhor Caetano Tomás completaria 94 anos no próximo mês de setembro.

Nascido na ilha das Flores, a 12 de Setembro de 1924, Francisco Caetano Tomás era considerado um homem do mundo.

Monsenhor Caetano Tomás, como era conhecido, completou os seus estudos iniciais no Seminário Episcopal de Angra, na ilha Terceira, tendo de seguida estudado em Roma, de 1947 a 1954, na Pontifícia Universidade Gregoriana, onde se licenciou em Teologia e Filosofia e onde foi ordenado. Fez também alguns cursos de Matemática, Física e Métodos Científicos na Universidade de Roma.

[continuar a ler]