O bispo de Angra disse que o seminário “só se compreende como uma verdadeira família”, falando na Missa de abertura do ano letivo no Seminário Episcopal de Angra, a que presidiu na Capela da Natividade.

“O seminário só se compreende como uma verdadeira família. Os laços entre nós têm de ser os de uma família, mas não de uma família qualquer: Uma família que escuta e pratica a palavra de Deus”, referiu D. João Lavrador, numa intervenção citada pelo portal diocesano, ‘Igreja Açores’.

O bispo de Angra apelou aos seminaristas para que façam do Seminário Episcopal de Angra uma família, que “tem de ser marcada por laços de fraternidade” e laços profundos que “vão para além da consanguinidade”

“Agora que estamos a celebrar o início do ano temos de nos centrar na pessoa de Jesus Cristo; é assim que crescemos como discípulos e caminhantes do apostolado”, explicou.

Neste contexto, D. João Lavrador salientou que, à semelhança de Jesus e dos discípulos, tem de “beber da sua forma de agir e de ser” para que possam “ser apóstolos” e desafiou os seminaristas a aprenderem a “ser e a agir” como Jesus e a partirem em missão para revelar “Deus a um mundo que cada vez mais precisa dele”.

“Que seja um bom ano, um ano novo, que exige cuidados, mas sobretudo um compromisso mais sério com o Senhor que chama”, disse ainda o bispo de Angra no final da celebração na Capela da Natividade.

O sítio online ‘Igreja Açores’ da Diocese de Angra informa que a Missa de abertura do ano letivo no Seminário Episcopal de Angra contou com a “esmagadora maioria da comunidade educativa” desta comunidade.

O novo ano 2020/2021 no seminário de Angra começou com a Eucaristia presidida pelo bispo diocesano esta terça-feira e fica marcado pela entrada de três novos professores, quatro alunos e o regresso das aulas presenciais seis meses depois de terem sido suspensas por causa da pandemia da Covid-19.

21 seminaristas começaram o ano letivo e no próximo dia 8 de dezembro ser ordenados três diáconos, alunos do 6º ano.

Agência Ecclesia:

https://agencia.ecclesia.pt/portal/angra-bispo-afirma-que-seminario-so-se-compreende-como-uma-verdadeira-familia/