Para o bispo de Angra, D. João Lavrador, a comunidade florentina e a diocese estão de parabéns pelo facto de terem conseguido estimular mais uma vocação sacerdotal.

“A família, a comunidade paroquial e o Seminário estão hoje de parabéns pela grande festa da ordenação do Pe Jacob. Foi o vosso empenho que estimulou e desenvolveu esta vocação que hoje enriquece a igreja açoriana”, disse D. João Lavrador no final de uma concelebração participada por vários sacerdotes e acólitos oriundos de várias ilhas do arquipélago.

Presentes estiveram praticamente todos os sacerdotes açorianos de origem florentina bem como a equipa sacerdotal da ilha e a equipa formadora do Seminário de Angra, onde o agora Pe. Jacob Vasconcelos ingressou em 2008, apenas com 15 anos de idade.

O bispo de Angra aproveitou a oportunidade para se dirigir aos inúmeros jovens, que participaram  nos últimos dias na V peregrinação diocesana dos Acólitos, para os desafiar a refletir sobre o “mistério da vocação sacerdotal”.

“Jovens acólitos coloquem esta pergunta a vós mesmos: porque não hei de ser eu também escolhido. Não tenhais medo pois nós precisamos muito de jovens com força, com ideais e com valentia para se entregarem a Deus”, concluiu o prelado visivelmente emocionado neste dia que qualificou de “grande festa para toda a igreja”.

Também o ouvidor das Flores, Pe Rúben Sousa, dirigiu uma palavra a todos os participantes nesta celebração afirmando que a igreja florentina “dá graças a Deus por esta ordenação”.

“Sabemos que não temos mais vocações, ou melhor elas ainda não são visíveis porque não despertaram. Não vamos desanimar e digo-vos que é bom ser padre”, afirmou o sacerdote que juntamente com mais três sacerdotes e um diácono permanente serve a ouvidoria das Flores, composta por 10 paróquias e um curato.

No final da celebração e sem conseguir disfarçar a emoção, ao longo de toda a celebração, o reitor do Seminário, Pe. Hélder Miranda Alexandre, que uma vez mais apresentou o candidato ao sacerdócio ao bispo de Angra, leu a bênção apostólica do Papa Francisco ao novo sacerdote.

O Pe. Jacob Vasconcelos tem 24 anos e é o terceiro florentino a ser ordenado sacerdote nas duas últimas décadas. Celebra amanhã a sua missa nova na paróquia onde foi batizado, Ponta Delgada das Flores.