Chegamos ao fim de mais um ano escutista do nosso Agrupamento 114-Seminário. Iniciamos o ano com quatro dirigentes e oito caminheiros, tendo-se realizado duas novas entradas no agrupamento nomeadamente, o Gonçalo Brum, transferido do agrupamento1326 Ponta da Ilha; e o noviço André Furtado. Os caminheiros ficaram divididos em duas tribos (Tribo Madre Teresa com quatro elementos; e Tribo João XXIII com quatro elementos).

Demos início às atividades no dia 1 de outubro com um trilho da lagoa da Falca e no final do trilho cada caminheiro fez o seu PPV (Projeto Pessoal de Vida). O PPV é um convite a parar e a fazer uma análise cuidada de tudo aquilo que constitui a vida: a família, os amigos, a escola, o emprego, Deus, a relação consigo e com os outros, uma ferramenta para ajudar a definir o caminho para a Felicidade – numa aproximação diária ao ideal do Homem Novo!

No dia 4 de novembro, antecipamos a festa de São Martinho, e organizamos uma festa para todo o Seminário.

Pelo Natal, cada tribo ficou encarregue de ornamentar uma árvore de natal e fazer um presépio em alguns lugares do seminário.

No dia 25 de Março, solenidade da Anunciação do Senhor, o Agrupamento organizou um festival de sopas com o intuito de angariar fundos. Participaram aproximadamente 160 pessoas contando com uma grande variedade de sopas, animação, bingo e petiscos variados, com a colaboração de restaurantes da cidade e de alguns particulares.

Ao findar o ano escutista organizámos o acampamento geral que se realizou no entre os dias 28 e 30 de abril na zona da Gruta dos Balcãs, na freguesia dos Biscoitos. O acampamento contou com jogos noturnos, construções, um jogo aquático que se realizou na marina de Angra e muita animação entre as tribos. Devido ao mau tempo, a velada de armas realizou-se no Seminário. No domingo, celebrou-se na Capela de Nossa Senhora da Natividade a Eucaristia com a promessa do noviço André Furtado, presidida pelo Padre Bruno Espínola, antigo membro deste agrupamento, contando ainda com a presença do Padre João das Neves e dos dois diáconos Nelson Pereira, assistente adjunto do nosso agrupamento, e Jacob Vasconcelos, chefe adjunto. Depois da celebração realizou-se o jantar estando presente o nosso assistente, Pe. Júlio Rocha que manifestou o desejo do crescimento do nosso agrupamento em qualidade e quantidade.

Ao encerrar este ano escutista, é com enorme alegria que vemos sair dois dos nossos chefes, o diácono Jacob Vasconcelos e o diácono Nelson Pereira que foram formados e cresceram no nosso agrupamento. Temos a certeza que serão bons assistentes e ajudarão os agrupamentos que lhes forem confiados. A eles o nosso muito obrigado pelo trabalho e dedicação ao longo dos anos que por cá passaram.

Fábio Carvalho, chefe do Agrupamento 114