Pe. Nelson Pereira quer ser “um servidor” na diocese

O Pe. Nelson Pereira, ordenado na passada quarta feira pelo bispo de Angra, celebrou este domingo a sua missa nova e deixou clara a motivação do seu ministério que será o “serviço e o amor aos outros”.

O sacerdote, que celebrou a sua missa nova na Igreja Paroquial de São Mateus, onde foi batizado e cresceu na fé, aproveitou o Evangelho de domingo para sublinhar a importância das comunidades cristãs não se deixarem instalar ou corromper pelos valores mundanos.

“A Igreja, como comunidade que testemunha os valores do Reino, deve viver sempre o amor e o serviço. Na comunidade cristã não podem ser determinantes os lugares de honra, os títulos ou os privilégios. Apenas deve ser relevante o serviço” destacou o neo sacerdote.

“Por isso, na comunidade cristã o poder é sinónimo de serviço. Aos olhos de Deus, o grande poder é aquele que tem a capacidade de amar e servir”, acrescentou ainda.

Classificando o  Evangelho de domingo como  uma “página dura” para a vivência do cristianismo, o Pe. Nelson Pereira lembrou que o mundo atual privilegia o sucesso fácil e valoriza os aspetos materiais em detrimento dos espirituais.

“O Mundo garante-nos que o segredo da felicidade e da realização plena está na posição hierárquica a que cada um consegue elevar-se; garante que o segredo está no poder que desempenhamos, na importância e no reconhecimento que temos. Contudo, Jesus afirma que a verdadeira felicidade e realização do homem está na sua capacidade de amar e de servir”, disse, convidando os cristãos a viverem em comunidades que não sejam marcadas “por ciúmes, lutas de poder e conflitos”.

“Neste dia muito especial para mim, no qual presido pela primeira vez à Eucaristia, esta liturgia da Palavra encaixa-se como pilar por onde quero e devo construir o meu ministério. O Senhor adverte-me hoje, e a todos nós, que acima de tudo deve estar o serviço e o amor aos outros”, destacou ainda.

“Consciente das minhas fragilidades, procurarei imitar o exemplo, as palavras e gestos do Bom Pastor, Jesus. Aquele que pautou a Sua vida pelo amor aos outros, pelo serviço, pela misericórdia e pela justiça”, referiu o neo-sacerdote que vai servir no Faial.

Refletindo sobre o lema escolhido para a Missa Nova- apenas uma palavra retirada do Evangelho de São Mateus: «Segue-me» (Mt 9,9)- o Pe. Nelson Pereira sublinhou a importância da conversão para redirecionar diariamente a vida do cristão “em direção a Deus” que se revela “misericordioso, que apesar das nossas faltas e da nossa infidelidade, nunca se cansa de nos convidar a fazer comunhão com Ele”.

O sacerdote participa esta terça feira no primeiro encontro com o prelado diocesano que hoje se reúne com o sacerdotes ordenados nos últimos 10 anos.

In Igreja Açores