O seminarista Nuno Pacheco de Sousa foi eleito este sábado
O seminarista, colaborador do Sítio Igreja Açores, Nuno Pacheco de Sousa foi eleito este sábado novo presidente da Conferência Vicentina de São Tomás de Aquino, a única conferência da diocese de Angra composta apenas por jovens rapazes.
Nuno Pacheco de Sousa é natural de São Miguel e frequenta o segundo ano do sexénio (designação do período de estudos e formação do Seminário). Substitui Jacob Vasconcelos que liderava este grupo da pastoral social do Seminário desde 2013.
A eleição decorreu este sábado de manhã no Seminário, na presença de todos os confrades e do assistente espiritual do movimento, Pe. José Júlio Rocha, informa uma nota enviada ao Sítio Igreja Açores.
De acordo com as regras Nuno Pacheco de Sousa tem agora 15 dias para escolher a mesa que com ele formará a direcção da conferência.
Com sede no Seminário Episcopal de Angra, a Conferência tem 61 anos e é particularmente ativa no contexto das conferências da ilha Terceira, organizando anualmente várias actividades entre elas uma sessão formativa para a qual são convidados todos os vicentinos da ilha, organizados em 13 conferências.
A Conferência Vicentina de São Tomás de Aquino foi fundada a 20 de Janeiro de 1955 pelos alunos do quarto ano de teologia, do Seminário Episcopal, tendo como primeiro presidente o Pe José Garcia e como assistente espiritual José Enes e, no dia em que foi constituída, foi também iniciado um costume que até hoje se mantém, o chamado “Pobre dos pobres”.
Esta tradição consiste na visita diária ao Santíssimo Sacramento por dois ou mais confrades que deverão, segundo a acta nº 1, pedir a Deus pela Sociedade de São Vicente de Paulo, pela Santa igreja, por Portugal e pelo Santo Padre.
Volvidos 61 anos esta conferência “mantém plena atividade, contando com 15 membros. Todos os seminaristas são vicentinos”.
Por trimestre, são feitas mais de 30 assistências. A conferência vive de donativos de vários sacerdotes e outros benfeitores que a auxiliam monetariamente.

Igreja Açores