Seminário de Angra está apostado em mostrar que a reflexão teológica é importante para o conhecimento humano

Seminário de Angra está apostado em mostrar que a reflexão teológica é importante para o conhecimento humano

II jornadas de teologia arrancam já no dia 27 de fevereiro, com três dias de debate sobre a presença de Deus na Literatura

O Seminário de Angra está apostado em colocar a Teologia e a reflexão teológica no centro do debate da sociedade açoriana e por isso vai desenvolver, pelo segundo ano consecutivo, as Jornadas de Teologia, este ano sob o tema “Deus na pena dos Homens”.

“A literatura é central na alma açoriana e os Açores têm uma relevante produção literária” refere ao Igreja Açores o reitor do Seminário Episcopal de Angra, Pe. Hélder Miranda Alexandre, sublinhando que a presença da transcendência na literatura é uma constante e “a igreja não pode ficar de fora da reflexão sobre estas matérias”.

Numa entrevista ao programa de rádio Igreja Açores, que vai para o ar este domingo, depois do meio dia no Rádio Clube de Angra e na Antena 1 Açores, o sacerdote lembra o papel que o Seminário tem tido na produção de conhecimento e de pensamento cientifico e afirma que este momento será mais um contributo importante até para “desmistificar” a ideia de que a reflexão sobre o transcendente só diz respeito aos sacerdotes ou a pessoas com menos

[continuar a ler]
“Deus na pena dos homens”, o diálogo entre Teologia e Literatura no Seminário de Angra

“Deus na pena dos homens”, o diálogo entre Teologia e Literatura no Seminário de Angra

O Seminário Episcopal de Angra vai promover entre os dias 27 de fevereiro e 1 de março as II Jornadas de Teologia, que irão refletir sobre “Deus na pena dos homens”- o diálogo entre Teologia e Literatura.

Durante três dias teólogos, professores e investigadores na área da Literatura vão analisar a presença de Deus no pensamento e na obra de grandes autores da literatura mundial , nacional e até açoriana.

Nomes como Dostóievski, Kafka, Ernst Hemingway, Vitorino Nemésio ou Virgílio Ferreira vão estar no centro da análise dos conferencistas.

As jornadas iniciam-se às 20h00 do dia 27, com a sessão de abertura pelo Bispo de Angra, D. João Lavrador. Segue-se uma breve saudação do Reitor do Seminário e o lançamento da Revista “Fórum Teológico XXI”, por Sérgio Toste.

[continuar a ler]
“O mundo da pós-verdade é o mundo filho do medo”, diz Pe Júlio Rocha

“O mundo da pós-verdade é o mundo filho do medo”, diz Pe Júlio Rocha

Professor de Teologia Moral no Seminário de Angra falou sobre a moral cristã e a pós verdade
O Pe. Júlio Rocha afirmou esta manhã nas Jornadas de Teologia “Cristianismo e Cultura” que vivemos no tempo da pós verdade que mais não é do que um tempo “de medo” assente na mentira disfarçada de verdade.
Na intervenção que proferiu no último dia das Jornadas de Teologia promovidas pelo Seminário Episcopal de Angra, o sacerdote, doutor em Teologia Moral, partiu de uma interpretação do livro 1984 de George Orwell- para falar do “enviesamento ideológico” [continuar a ler]

I Jornadas de Teologia debateram relação entre Cristianismo e Cultura

I Jornadas de Teologia debateram relação entre Cristianismo e Cultura

Angra do Heroísmo, Açores, 18 mar 2017 (Ecclesia) – O Seminário Episcopal da Diocese de Angra, nos Açores, acolheu deste quinta-feira as I Jornadas de Teologia, centradas no tema o “Cristianismo e a Cultura”.

D. João Lavrador, bispo de Angra, sublinhou durante os trabalhos, que se concluíram hoje, que “o maior drama” da humanidade é a “rutura entre o Evangelho e a Cultura”. [continuar a ler]