“O mundo da pós-verdade é o mundo filho do medo”, diz Pe Júlio Rocha

“O mundo da pós-verdade é o mundo filho do medo”, diz Pe Júlio Rocha

Professor de Teologia Moral no Seminário de Angra falou sobre a moral cristã e a pós verdade
O Pe. Júlio Rocha afirmou esta manhã nas Jornadas de Teologia “Cristianismo e Cultura” que vivemos no tempo da pós verdade que mais não é do que um tempo “de medo” assente na mentira disfarçada de verdade.
Na intervenção que proferiu no último dia das Jornadas de Teologia promovidas pelo Seminário Episcopal de Angra, o sacerdote, doutor em Teologia Moral, partiu de uma interpretação do livro 1984 de George Orwell- para falar do “enviesamento ideológico” [continuar a ler]

I Jornadas de Teologia debateram relação entre Cristianismo e Cultura

I Jornadas de Teologia debateram relação entre Cristianismo e Cultura

Angra do Heroísmo, Açores, 18 mar 2017 (Ecclesia) – O Seminário Episcopal da Diocese de Angra, nos Açores, acolheu deste quinta-feira as I Jornadas de Teologia, centradas no tema o “Cristianismo e a Cultura”.

D. João Lavrador, bispo de Angra, sublinhou durante os trabalhos, que se concluíram hoje, que “o maior drama” da humanidade é a “rutura entre o Evangelho e a Cultura”. [continuar a ler]

Cultura moderna promove confusão entre a ordem moral e a jurídica, diz Jorge Cunha

Cultura moderna promove confusão entre a ordem moral e a jurídica, diz Jorge Cunha

Professor da Universidade Católica do Porto foi um dos oradores das Jornadas de Teologia dos Açores que terminaram este sábado
A laicização das sociedades modernas tem conduzido a uma progressiva confusão entre as balizas da ordem moral e as da ordem jurídica, com prejuízo para a primeira, disse este sábado em Angra do Heroísmo o professor Jorge Cunha, durante a sua intervenção nas Jornadas de Teologia promovidas pelo Seminário Episcopal de Angra. [continuar a ler]

Doutrina Social da Igreja oferece “soluções resilientes” para promover uma verdadeira ecologia integral

Doutrina Social da Igreja oferece “soluções resilientes” para promover uma verdadeira ecologia integral

Professor Nuno Martins sublinha que o combate às desigualdades é o grande desafio das sociedades atuais
Perante a desigualdade e o crescimento acentuado dos problemas ambientais a sociedade deve promover uma maior articulação entre o estado, a universidade e as empresas para, em conjunto, pensarem um modelo de desenvolvimento sustentável que garanta o futuro da humanidade, [continuar a ler]