Os Seminários “são um dom de Deus à Igreja” diz D. João Lavrador na mensagem para a Semana dos Seminário

A mensagem de D. João Lavrador para a Semana dos Seminários, que se celebra entre 1 e 8 de novembro, apela ao dever das comunidades de “sintonizar, acompanhar e empenhar-se” com o Seminário Episcopal de Angra.

“A nossa diocese está empenhada numa caminhada de renovação e de participação ativa de todos os batizados, a que chamamos de caminhada sinodal. Também no domínio do Seminário, não só é chamado a formar presbíteros para esta Igreja que evangeliza em caminhada sinodal, mas igualmente a participação ativa de todos os batizados se revela no interesse e na corresponsabilidade no despertar vocacional e na manutenção do nosso Seminário”, refere o bispo de Angra

“Os Seminários são, antes de mais, um dom de Deus à Igreja diocesana” sublinha o bispo diocesano que quer ver esta Semana celebrada com alegria e entusiasmo, envolvendo “famílias, catequese, grupos de jovens, aulas de Religião e Moral, movimentos apostólicos e celebrações litúrgicas, em que se valorize, se reflita e se reze pelos seminários”.

“Exige-se, em cada ano, uma valorização redobrada deste acontecimento e a descoberta da graça e da riqueza eclesial de que reveste esta comunidade formativa para a diocese e para cada comunidade cristã” escreve o bispo numa mensagem intitulada “Formar Pastores para Evangelizar na Igreja em Caminhada Sinodal.

“Cada comunidade cristã tem o dever de sintonizar, acompanhar e empenhar-se com o Seminário no qual se formam os pastores que servem a Igreja diocesana através da sua configuração a Jesus Cristo, na entrega total das suas vidas e com a tarefa de edificar comunidades cristãs que vivem na comunhão, fomentam a participação de todos os fiéis e promovem a corresponsabilidade pela missão de testemunhar o Evangelho no mundo de hoje”, escreve o prelado.

Para dentro da instituição, o bispo deixa ainda o apelo para a concretização de uma formação “integral e progressiva” que possa proporcionar “o amadurecimento vocacional” que integre “as dimensões humana, intelectual, espiritual, afetiva e pastoral” de modo a que “o futuro sacerdote, através de uma personalidade equilibrada, seja verdadeiro pastor do Povo de Deus, perito em humanidade e verdadeiro homem de Deus que faz pensar em Deus e conduz os homens até Deus”.

D.João Lavrador apela, por outro lado, ao apoio material ao Seminário para que se possa concretizar os seus objetivos formativos.

“Dado que o Seminário vive do contributo dos cristãos e das comunidades cristãs, apelo para que, apesar das dificuldades porque todos passamos nestes tempos difíceis, sejamos generosos na oferta material para o sustento do nosso Seminário”.

A Semana dos Seminários 2020 vai ser celebrada com o lema ‘Jesus chamou os que queria e foram ter com Ele’ (Mc 3, 13), de 1 a 8 de novembro, e os subsídios já estão a ser preparados.

O Seminário de Angra conta este ano com 18 seminaristas: 1 da Ilha das Flores, 2 da Ilha do Faial, 2 da Ilha do Pico, 1 da Ilha de São Jorge, 3 da Ilha Terceira e 9 da Ilha de São Miguel. “Recentemente celebrámos a ordenação de seis de novos sacerdotes, a quem desejamos um trabalho profícuo e testemunho exemplar, mas o trabalho não termina”, avança o Reitor em declarações ao sítio Igreja Açores.

Este ano, entraram três novos Seminaristas provenientes das Ilhas Terceira, Faial e São Miguel.

“A renovação depende do trabalho e interesse de cada um, e sobretudo do chamamento do Senhor!”, refere o padre Hélder Miranda Alexandre.

No próximo dia 30 de Outubro, será realizada uma Vigília de Oração no Seminário, pelas 20H00.

“Convidamos a esta oração conjunta e a que se tomem iniciativas semelhantes em todas as Ilhas, sobretudo junto das comunidades paroquiais, catequeses, escolas e grupos juvenis”, interpela o responsável.

Os materiais para a Semana dos Seminários pode ser descarregado em http://seminariodeangra.pt/pastoral-vocacional-2/ ou em http://ecclesia.pt/cevm/ .

In Igreja Açores