Bispo convida à valorização do Seminário diocesano

Bispo convida à valorização do Seminário diocesano

O bispo de Angra convidou as comunidades católicas a valorizar os espaços de formação dos futuros sacerdotes, numa mensagem para a Semana dos Seminários 2020, que se vai celebrar entre 1 e 8 de novembro.

“Cada comunidade cristã tem o dever de sintonizar, acompanhar e empenhar-se com o Seminário no qual se formam os pastores que servem a Igreja diocesana através da sua configuração a Jesus Cristo, na entrega total das suas vidas e com a tarefa de edificar comunidades cristãs que vivem na comunhão, fomentam a participação de todos os fiéis e promovem a corresponsabilidade pela missão de testemunhar o Evangelho no mundo de hoje”, refere D. João Lavrador, numa mensagem divulgada pelo portal diocesano ‘Igreja Açores’

[continuar a ler]
Mensagem do Reitor para a Semana dos Seminários

Mensagem do Reitor para a Semana dos Seminários

Ocorrendo a Semana dos Seminários de 1 a 8 de Novembro, com o tema “Jesus chamou os que queria e foram ter com Ele” (Mc 3, 13), vimos, por este meio, solicitar o vosso empenho, colaboração e oração pelas vocações sacerdotais. Nesta expressão evangélica se resume a dinâmica do chamamento do Senhor e da resposta dos discípulos. Por isso, o tempo é de gratidão, compromisso e esperança (D. António Augusto Azevedo).

O Seminário de Angra conta este ano com 18 seminaristas: 1 da Ilha das Flores, 2 da Ilha do Faial, 2 da Ilha do Pico, 1 da Ilha de São Jorge, 3 da Ilha Terceira e 9 da Ilha de São Miguel. Recentemente celebrámos a ordenação de seis de novos sacerdotes, a quem desejamos um trabalho profícuo e testemunho exemplar, mas o trabalho não termina. Entraram três novos Seminaristas provenientes das Ilhas Terceira, Faial e São Miguel. [continuar a ler]

Bispo de Angra pede  “interesse e corresponsabilidade no despertar vocacional e na manutenção do Seminário”

Bispo de Angra pede “interesse e corresponsabilidade no despertar vocacional e na manutenção do Seminário”

Os Seminários “são um dom de Deus à Igreja” diz D. João Lavrador na mensagem para a Semana dos Seminário

A mensagem de D. João Lavrador para a Semana dos Seminários, que se celebra entre 1 e 8 de novembro, apela ao dever das comunidades de “sintonizar, acompanhar e empenhar-se” com o Seminário Episcopal de Angra.

“A nossa diocese está empenhada numa caminhada de renovação e de participação ativa de todos os batizados, a que chamamos de caminhada sinodal. Também no domínio do Seminário, não só é chamado a formar presbíteros para esta Igreja que evangeliza em caminhada sinodal, mas igualmente a participação ativa de todos os batizados se revela no interesse e na corresponsabilidade no despertar vocacional e na manutenção do nosso Seminário”, refere o bispo de Angra

[continuar a ler]
Angra: Bispo afirma que seminário «só se compreende como uma verdadeira família»

Angra: Bispo afirma que seminário «só se compreende como uma verdadeira família»

O bispo de Angra disse que o seminário “só se compreende como uma verdadeira família”, falando na Missa de abertura do ano letivo no Seminário Episcopal de Angra, a que presidiu na Capela da Natividade.

“O seminário só se compreende como uma verdadeira família. Os laços entre nós têm de ser os de uma família, mas não de uma família qualquer: Uma família que escuta e pratica a palavra de Deus”, referiu D. João Lavrador, numa intervenção citada pelo portal diocesano, ‘Igreja Açores’.

O bispo de Angra apelou aos seminaristas para que façam do Seminário Episcopal de Angra uma família, que “tem de ser marcada por laços de fraternidade” e laços profundos que “vão para além da consanguinidade”

[continuar a ler]
Bispo de Angra pede  “interesse e corresponsabilidade no despertar vocacional e na manutenção do Seminário”

Bispo de Angra desafia novos sacerdotes a não se deixarem contagiar pelo “comodismo, inércia, isolamento ou fixismo”

D. João Lavrador ordenou seis sacerdotes e instituiu três seminaristas acólitos

Na vida de um presbítero, “não há lugar ao comodismo, à inércia, ao isolamento ou ao fixismo, muito pelo contrário, o presbítero deve ser, no relacionamento com todas as pessoas, o homem da missão e do diálogo” afirmou D. João Lavrador na homilia da missa de ordenação de seis novos sacerdotes da diocese de Angra.

A partir da liturgia deste domingo, o bispo de Angra lembrou aos ne-sacerdotes que devem ser sempre a presença de Jesus na vida das suas comunidades

[continuar a ler]