A palavra chave na igreja é servir, diz D. José Bettencourt

A palavra chave na igreja é servir, diz D. José Bettencourt

O futuro Núncio na Geórgia e na Arménia passou grande parte de terça feira no Seminário Episcopal de Angra

Um  encontro com a comunidade educativa do Seminário de Angra e uma missa na Capela da Natividade preencheram uma boa parte do dia de D. José Avelino Bettencourt que se encontra de visita aos Açores depois da sua ordenação episcopal e da nomeação como representante diplomático da Santa Sé.

“Estar convosco é tocar na alma da diocese” disse o prelado na homilia da missa a que presidiu na Capela da Natividade.

Dirigindo-se diretamente aos seminaristas desafiou-os a aproveitarem este tempo no Seminário porque “é um tempo abençoado”, em que além das ferramentas intelectuais e culturais dão os passos importantes para a formação integral.

“É aqui que dão os primeiros passos aqueles que querem liderar a diocese. Esta é uma casa reservada ao estudo e à reflexão que cumpre a grande tradição da igreja  que é formar uma pessoa inteira” disse o bispo D. José Bettecourt

[continuar a ler]