Igreja, mãe da Cultura…Será?

Igreja, mãe da Cultura…Será?

A religião, só por si, é uma grande expressão de cultura a vários níveis. Dela brotaram as mais variadas fontes de cultura, através da arte sacra, da música, do ensino e demais vertentes fundadas ou intervencionadas pela Igreja.

De facto, ao longo da sua história, a Igreja teve muitas páginas negras e das quais não se deve orgulhar, no entanto, foi uma grande impulsionadora da evolução intelectual da humanidade. Se olharmos, por exemplo, para a história da filosofia, o ramo que estuda o pensamento humano, na História, concluímos que muitos dos grandes nomes da corrente filosófica eram cristãos, como por exemplo, São Tomás de Aquino e Santo Agostinho… [continuar a ler]