«Fui Eu que vos escolhi e destinei,  para que vades e deis fruto e o vosso fruto permaneça» (Jo.15, 16)

«Fui Eu que vos escolhi e destinei, para que vades e deis fruto e o vosso fruto permaneça» (Jo.15, 16)

Nota Pastoral a propósito da Ordenação de Presbitero do Diácono Fábio

No próximo dia 30 de Junho, a diocese receberá em alegria e em acção de graças a ordenação presbiteral do Diácono Fábio, natural da Ribeira Grande.

É verdadeiramente motivo de alegria vivida por todo o Povo de Deus. Um sacerdote é um dos maiores dons de Deus à Sua Igreja e, por isso, deve despertar sentimentos de alegria.

Mas, precisamente, porque é um dom que a Igreja diocesana recebe da bondade e da ternura de Deus, merece da parte de todos os baptizados uma actitude de Acção de Graças a Jesus Cristo que chama, que convida à comunhão com Ele e que envia para servir o Povo de Deus.

Na alegria e em Acção de Graças coloquemo-nos em atitude de oração, contemplação e de conversão pessoal e comunitária de modo que os gestos de amor de Deus se traduzam em convite para uma comunhão mais perfeita com Jesus Cristo e com os irmãos e na decisão firme de uma participação mais activa e consciente na comunidade cristã e na missão evangélica no meio do mundo. [continuar a ler]

O Seminário como comunidade educativa em caminhada está atento á realidade do mundo e tem um contributo insubstituível para a sociedade. Desde logo na formação integral dos seus alunos e na escuta dos sinais dos tempos para responder de modo adequado aos anseios da humanidade de hoje.

 

Faço o apelo a todos os diocesanos para que manifestem o interesse pelo Seminário Maior, apreciem e valorizem o esforço educativo que aí se está a realizar, se empenhem na dinamização vocacional que passará pelas famílias e pelas comunidades cristãs, rendam graças a Deus que na Sua misericórdia nos oferece a alegria de um Seminário dinâmico cuja comunidade se manifesta alegre e feliz e contribuam generosamente para as grandes despesas que acarreta a sua vida”.

D. João Lavrador

Notícias

Diácono Fábio Carvalho é ordenado presbítero no dia 30 de junho, na ouvidoria da Ribeira Grande

O Diácono Fábio Carvalho, natural da Ribeira Grande, 34 anos de idade vai ser ordenado no próximo domingo na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Estrela, a sua paróquia de origem.

Depois do bispo de Angra, numa nota pastoral a propósito desta sexta ordenação do seu episcopado, ter dito que a ordenação  de um novo presbítero é o “maior dom para uma diocese”, agora é a vez do Reitor do Seminário afirmar que “chegou a hora do Seminário se “diminuir”, porque cumpriu a sua missão”.

“Viver uma ordenação é pensar numa multidão de ideias, deixar-se desafiar pelo que há de vir, abrir o coração a um sim imenso, deixar-se tocar pela emoção das amizades quotidianas que se deixam para que outras surjam, é apertar fortemente um crucifixo no peito, deixar correr as lágrimas de uma alegria difícil de descrever. Ei-lo entregue a um mundo maior!”, afirma o Pe. Hélder Miranda Alexandre num artigo publicado aqui no Sítio Igreja Açores. [continuar a ler]

Homenagem ao P. Cipriano Pacheco

No dia 12 de Junho, o Seminário prestou a sua homenagem e reconhecimento ao P. Cipriano Franco Pacheco, no contexto das bodas de ouro sacerdotais. Presidiu à missa solene na Capela de Nossa Senhora da Natividade, na presença dos seminaristas, professores do Seminário e familiares. Seguiu-se jantar festivo.

Nascido em São Pedro Nordestino, São Miguel, a 3 de Novembro de 1945, realizou a sua formação teológica no Seminário de Angra. Foi ordenado a 20 de Maio de 1969, na Sé de Angra, perfazendo os 50 anos no dia 20 de Maio de 2019. [continuar a ler]

ACCIPITE SPIRITUM SANCTUM

Aquele vento purificava os corações da palha da carne. Aquele fogo consumia o fogo da velha concupiscência. Aquelas línguas faladas pelos que estavam repletos do Espírito Santo prefiguravam a futura Igreja, que haveria de estar entre as línguas de todos os povos.

Santo Agostinho

 

Maria é o caminho privilegiado através do qual acedemos à Terceira Pessoa da Santíssima Trindade. No Pentecostes, a Santíssima Virgem Maria recebeu o Espírito Santo com uma plenitude singular, porque o coração humano mais livre é o dela. O Senhor prometeu àqueles que O amam: viremos a ele e junto dele faremos morada(Jo 14,23). Esta promessa é cumprida em Maria, porque ela está mais preparada para ser o tabernáculo vivo do Filho de Deus e templo do Espírito Santo. Quando o Anjo saudou Maria: «Salve, cheia de graça, o Senhor está contigo!»(Lc 1,28), ela já estava envolta pelo Espírito Santo e cheia de Sua graça. Contudo, no Pentecostes o Espírito Santo desceu sobre Maria e encheu a sua alma de uma nova forma: [continuar a ler]

PRÉ-SEMINÁRIO