O Seminário como comunidade educativa em caminhada está atento á realidade do mundo e tem um contributo insubstituível para a sociedade. Desde logo na formação integral dos seus alunos e na escuta dos sinais dos tempos para responder de modo adequado aos anseios da humanidade de hoje.

 

Faço o apelo a todos os diocesanos para que manifestem o interesse pelo Seminário Maior, apreciem e valorizem o esforço educativo que aí se está a realizar, se empenhem na dinamização vocacional que passará pelas famílias e pelas comunidades cristãs, rendam graças a Deus que na Sua misericórdia nos oferece a alegria de um Seminário dinâmico cuja comunidade se manifesta alegre e feliz e contribuam generosamente para as grandes despesas que acarreta a sua vida”.

D. João Lavrador

O Desafio da Santidade

Nos dias que correm onde diariamente surgem notícias de mártires cristãos em algumas regiões deste mundo, a que nós chamamos “moderno”, surge-nos a indagação sobre o que é a santidade ou como vive-la. No entanto, parece que a modernidade é um impedimento à santidade, dado que esta está apenas aparentemente reservada àqueles que hoje derramam o seu sangue pelo nome de Cristo. [continuar a ler]

Semana dos Seminários

Semana dos Seminários é ocasião “privilegiada” para valorizar o papel formativo do Seminário, diz presidente da Comissão Episcopal das Vocações e Ministérios

A Igreja vai promover entre 12 e 19 de novembro a Semana dos Seminários que este ano tem como lema “Fazei o que Ele vos disser”, frase proferida por Maria no episódio das bodas de Caná.

Os materiais que servirão de suporte a estas celebrações a nível nacional- Caderno celebrativo esquemas Catequese Infância e Catequese Adolescência, EMRC, reflexões, músicas, orações, pagela e cartaz- foram desenvolvidos pela primeira vez pelo Seminário Episcopal de Angra [continuar a ler]

À Virgem Santa Maria

O povo português mantém uma forte ligação com a Virgem Maria. A chegada a Cristo dá-se muitas vezes pela mediação de Maria, uma permanente busca do Filho através da Mãe.

Analisando a devoção do povo português, vemos marcas constantes da presença de uma imagem feminina quase divina. O ser humano precisa, todos os dias, de uma figura feminina, de uma imagem materna. Como uma mãe que protege os seus filhos, assim Maria é vista como proteção e refúgio em todos os momentos da vida de um cristão. [continuar a ler]